Curetagem dentária

A curetagem dentária é a melhor solução para tratar a periodontite, uma doença crónica com efeitos irreversíveis se não for alvo de tratamento. É muito importante tratá-la, para que não resulte na perda de dentes.

1

O que é a curetagem dentária?

Também conhecida por raspagem radicular, a curetagem dentária é uma técnica odontológica usada para executar uma limpeza profunda e exaustiva dos tecidos que envolvem o dente, recorrendo a um aparelho de ultrassons, a curetas e a polidores. Este tratamento elimina totalmente a placa bacteriana que esteve na origem do problema periodontal.

Quando é necessária uma curetagem dentária?

Quando um paciente é diagnosticado com a doença periodontal ou periodontite, é conveniente realizar uma curetagem.

O profissional da especialidade avaliará os sintomas e decidirá se deve ser feita a curetagem, pois convém tratar a periodontite desde a sua fase inicial, de modo a controlar o seu avanço e evitar efeitos irreversíveis.

2

Como é feita a curetagem dentária?

Este tratamento requer anestesia local. É repartido por diferentes sessões, cada uma delas dedicada a uma zona específica da boca, geralmente dividida em quatro quadrantes.

Cada quadrante é uma área que corresponde a um lado da boca (superior e inferior). Assim, o especialista trabalha em quatro quadrantes: superior direito; superior esquerdo; inferior direito; e inferior esquerdo.

Na maioria dos casos, depois de efetuada a curetagem, a inflamação tende a diminuir em poucos dias e a gengiva volta a absorver o dente, formando uma barreira que impede as bactérias de se infiltrarem novamente.

Ainda que o problema fique resolvido, pode voltar a reproduzir-se com o passar do tempo. Como tal, são necessárias consultas odontológicas periódicas para vigilância e limpezas de manutenção.

3

Diagnóstico

Os nossos especialistas realizam um diagnóstico imediato e preciso de cada caso. Tendo em conta que a periodontite, numa fase inicial, não provoca dor nem reflete sinais visíveis que indiciem um problema, há vários sintomas que alertam para a necessidade de recorrer ao dentista para uma correta avaliação e diagnóstico.

  • Gengivas vermelhas
  • Gengivas inflamadas
  • Sangramento nas gengivas ou nos dentes aquando da escovagem
  • Mobilidade dentária, que pode conduzir à perda do dente.
4

Quanto tempo dura uma curetagem dentária?

O tempo necessário para realizar uma curetagem dentária depende da particularidade de cada caso. Por vezes, são necessárias duas ou mais sessões para otimizar o desenvolvimento deste tratamento, dependendo da situação do paciente, mas o mais comum é tratar dois quadrantes numa sessão e os outros dois na sessão seguinte. Desta forma, as sessões são menos longas e incómodas, especialmente nos casos em que é aplicada a anestesia.

Quais as diferenças entre uma limpeza dentária e uma curetagem?

Tanto a limpeza dentária como a curetagem têm o objetivo de remover o tártaro e a placa bacteriana acumulados nos dentes.

A principal diferença é a seguinte:

  • A limpeza dentária remove o tártaro e a placa bacteriana acumulados na parte visível do dente.
  • A curetagem remove o tártaro e a placa bacteriana acumulados debaixo da gengiva. Além de exigir anestesia local, este tratamento requer pessoal especializado.